CENTRO DE PRESERVAÇÃO CULTURAL

O Centro de Preservação Cultural — Casa de Dona Yayá (CPC) é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo.

O CPC tem por missão promover ações e reflexões sobre o campo do patrimônio cultural, bem como em colaborar na identificação, preservação, valorização e extroversão dos bens culturais da USP

CASA DE DONA YAYÁ

O Centro de Preservação Cultural está localizado na Casa de Dona Yayá, um imóvel tombado localizado no centro de São Paulo, na região conhecida como Bexiga. Trata-se de um lugar de memória das questões de gênero e saúde mental em função do local ter servido de residência e de sanatório particular para sua mais ilustre moradora, a senhora Sebastiana de Mello Freire, conhecida como Dona Yayá, diagnosticada em sua juventude como portadora de transtornos mentais. A Casa é reconhecida como patrimônio cultural do município e do estado de São Paulo: nela o CPC promove seu uso qualificado por meio de atividades de cultura e extensão universitária.

PATRIMÔNIO CULTURAL DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

O CPC desenvolve ações sistemáticas de reconhecimento, interpretação, difusão e valorização do patrimônio cultural da Universidade de São Paulo, bem como colabora em sua preservação e salvaguarda. Entre as ações desenvolvidas pelo CPC relacionadas aos bens culturais da USP encontram-se a manutenção de bases de dados e sistemas de informação, produção de exposições, publicações e outras formas de extroversão, cursos, seminários, oficinas.

PROGRAMAÇÃO

Acompanhe nossa programação de cursos, oficinas, seminários, Domingos na Yayá, exposições, apresentações artísticas, ações educativas, entre outras de nossas muitas atividades.

Patrimoniar #01. João Demarchi: O Projeto Interação e a educação patrimonial

Nos anos 1980 o governo federal promoveu um interessante projeto de articulação entre os mundos da educação e da cultura, em uma iniciativa que envolveu profissionais ligados à educação popular, à antropologia, à gestão cultural, entre outros: trata-se do Projeto Interação. Hoje, tal iniciativa é vista como uma ação pioneira de uma educação patrimonial entendida …